Terça-feira, 21 de Maio de 2024

Geral Segunda-feira, 26 de Setembro de 2022, 10:03 - A | A

26 de Setembro de 2022, 10h:03 - A | A

Geral / Era mentira

Mulher muda versão e inocenta idoso acusado de estupro

Mulher volta atrás e afirma ter dado depoimento falso contra idoso de 70 anos



Reportagem
Mato Grosso do Norte

Um fato marcou as ocorrências policiais na semana passada em Alta Floresta. Após passar uma noite na cadeia, um idoso de 70 anos, preso por estupro de uma mulher de 44 anos, na última terça-feira,20, foi liberado depois que a vítima decidiu voltar atras, confessando ter mentido, dado um depoimento falso, inventando toda a história após o idoso se recusar a transferir dinheiro para ela pelo aplicativo Pix.
Em uma entrevista para à TV Nativa, Paulo Bezerra de Amorim, acusado de oferecer dinheiro e depois abusar da vítima, explica sua versão do ocorrido. Alega nunca ter visto a mulher antes e que a conheceu na rodoviária de Alta Floresta, onde ela estava pedindo comida e queria lavar umas roupas. Paulo, que é aposentado e havia ingerido bebida alcoólica, diz que resolveu ajudar, chamou um taxi e a levou para sua residência no setor D.
Porém, afirma que chegando lá a mulher começou a pedir dinheiro e que ele fizesse uma transferência de R$ 2.100,00, via PIX, para a conta de um filho, que segundo ela, mora em uma cidade próxima. Como ele se recusou, ela chamou a polícia e lhe acusou de estupro.
No entanto, ele conta que o próprio delegado estava desconfiado da versão da mulher. E na manhã seguinte lhe chamou para comunicar que a mulher tinha mudado de versão e que iria lhe liberar.

“Nada disso aconteceu. Ela tentou me extorquir. Mas como me trouxeram preso, fazer o que? Dormi”, expressa Paulo.
O idoso ainda afirma estar com a consciência tranquila por saber que não fez nada de errado e que a justiça foi feita.
“Moro aqui há muitos anos, trabalhei a minha vida toda e ainda trabalho até hoje, criei meus filhos e não preciso disso e não preciso disso. Como um velho como eu e ainda por cima bêbado, vai estar estuprando alguém?”, disse Seu Paulo.
O caso - Na terça-feira,20, avia 190, às 16: 30hs, uma mulher ligou para a Polícia para denunciar que estava sofrendo violência sexual de um homem de 70 anos, em um endereço do setor D em Alta Floresta.
Relatou que conheceu o suspeito na rodoviária e ele a abordou, lhe ofereceu uma bebida e em seguida fez uma proposta de R$ 1.500,00 para que ela fizesse sexo com ele. Chegando na residência, na rua D, fez sexo de forma inusitada com ela, inclusive sexo anal, contra sua vontade.
Foi então que decidiu chamar a polícia, que foi até o endereço indicado e o prendeu.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]