Domingo, 23 de Junho de 2024

Mais Quarta-feira, 18 de Dezembro de 2019, 00:00 - A | A

18 de Dezembro de 2019, 00h:00 - A | A

Mais /

Mais



RACHADINHA 
Ministério Público de Mato Grosso ingressou com uma ação civil pública contra o ex-deputado Eliene Lima por cobrar a chamada “rachadinha” de funcionários fantasmas, que teria contratado via Assembleia Legislativa. A “rachadinha” ficou conhecida nacionalmente no escândalo envolvendo o clã Bolsonaro no Rio de Janeiro e se resume a prática pela qual parlamentares se apropriam de parte dos salários de funcionários que nomeiam para seus gabinetes. As investigações apontam que o caso teria ocorrido entre 2009 e 2011, quando Eliene exercia a função de deputado federal.

 

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]