Sexta-feira, 21 de Junho de 2024

Mais Sexta-feira, 03 de Agosto de 2018, 00:00 - A | A

03 de Agosto de 2018, 00h:00 - A | A

Mais /

Mais



JUSTIÇA TARDIA


Somente após quase 8 anos, a justiça reconheceu que houve fraude na ata da convenção da eleição de 2010, quando o atual governador Pedro Taques, então no PDT, se candidatou ao Senado. José Medeiros, que supostamente com a inversão na ordem dos nomes ficou na primeira suplência, assumiu uma vaga que por direito não era sua, mas sim do empresário Paulo Fiúza. O lamentável que não há como corrigir a injustiça sofrida por Fiúza, que deixou de ocupar a vaga no Senado por três anos e 7 meses. José Medeiros que perdeu os direitos políticos por 8 anos, na verdade deveria também cumprir pena para pagar pelo seu suposto erro.  

 

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]