Quarta-feira, 22 de Maio de 2024

Variedades Sexta-feira, 09 de Setembro de 2022, 09:36 - A | A

09 de Setembro de 2022, 09h:36 - A | A

Variedades / Setembro Vermelho

Campanha visa conscientizar sobre a prevenção de doenças cardíacas em cães

Aumentou também o número de doenças que os acompanham na senilidade, como as patologias cardíacas



A Elanco Saúde Animal lidera, pelo oitavo ano consecutivo, a campanha “Setembro Vermelho”, com o mote “Fortekor™: um bom coração merece o melhor tratamento”. A campanha visa conscientizar cada vez mais responsáveis por cães sobre os sinais e sintomas das doenças cardíacas, a importância de fazer um acompanhamento com o médico-veterinário e realizar exames regularmente. Criada pela segunda maior empresa de saúde animal do mundo, a campanha foi abraçada por todo o setor no decorrer dos anos, tornando-se fundamental para gerar conscientização e levar informações aos responsáveis por pets.

“Desenvolvemos o Setembro Vermelho com o objetivo de contribuir para que os tutores consigam identificar os primeiros sinais das enfermidades relacionadas ao coração de seus pets, consultar seus médicos-veterinários regularmente e assim conseguir proporcionar uma vida cheia de energia aos seus cães”, afirma Karina Toledo, Coordenadora de Marketing de Terapêuticos de Pet Health da Elanco. As clínicas e hospitais veterinários receberão materiais promocionais com o mote da campanha para realização de eventos de conscientização, caso optem por promover essas ações.

“Vamos munir os profissionais com materiais que ressaltem a importância do mês de setembro como um marco sobre a conscientização das doenças cardíacas em pets. Desejamos, com isso, que a informação chegue aos responsáveis pelos animais de forma segura, pois será compartilhada por seu médico-veterinário de confiança”, destaca Karina.  

Entre os materiais está uma delicada coleção de cartões postais a serem entregues aos tutores com imagens que remetem ao batimento cardíaco “mescladas” à imagem do cão com seu responsável, uma mensagem de conscientização e um espaço para anotar a data do check-up.

Na programação, também estão previstas visitas técnicas aos profissionais para abordar a família de medicamentos Fortekor, que conta cm os já consagrados Fortekor Flavour, indicado para Insuficiência Cardíaca Congestiva (ICC) em cães e, desde 2021, também indicado para Doença Renal Crônica em cães e gatos, e Fortekor DUO, indicado apenas para ICC em cães.   “Contaremos ainda com o apoio do nosso PetSquad, time de influenciadores digitais que são apaixonados por pets, como nós, e que têm como compromisso nos ajudar a divulgar informação relevante e conscientizar os responsáveis por animais sobre possíveis enfermidades”, destaca Karina.  

A importância do diagnóstico precoce -- A evolução da medicina veterinária, juntamente ao avanço da indústria farmacêutica e de nutrição fez com que a expectativa de vida dos pets dobrasse nos últimos 30 anos, de acordo com estudo feito pelo Hospital Veterinário Sena Madureira, em São Paulo. Cães de raças pequenas, que viviam em média nove anos, passaram a chegar a 18. Junto a essa boa notícia vem a informação de que, com a sobrevida dos pets, aumentou também o número de doenças que os acompanham na senilidade, como as patologias cardíacas.  

“Entre as doenças cardíacas adquiridas ao longo da vida, a doença valvar crônica de mitral é a mais comum entre os cães, acometendo 75% da população. A patologia ocorre porque a valva se torna espessa, se degenera e passa a apresentar falha de fechamento, levando à regurgitação sanguínea e remodelamento cardíaco, o que desencadeia manifestações clínicas graves”, explica Mariana Cappellanes Flocke, médica-veterinária e Consultora Técnica da Elanco.   Segundo Mariana, as doenças cardíacas podem surgir em qualquer cão, independentemente da idade ou da raça e, por isso, é importante realizar exames com frequência para checar como está a saúde do pet.  

Atualmente, 10% da população canina é acometida por doenças cardíacas, das quais 95% são adquiridas e 5% são congênitas. Todas as doenças cardíacas podem evoluir para ICC (Insuficiência Cardíaca Congestiva), independentemente da causa*.  

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]