Sexta-feira, 24 de Maio de 2024

Carros Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2022, 10:11 - A | A

02 de Dezembro de 2022, 10h:11 - A | A

Carros / Dodge Charger

Convite ao pecado

Dodge Charger STR Hellcat Redeye é uma besta-fera com um motor V8 com mais de 800 cv que não perdoa erros



por Jorge Blancarte
Autocosmos.com/México
Exclusivo no Brasil para Auto Press

O Dodge Charger SRT Hellcat Redeye provoca ansiedade antes mesmo de se sentar ao volante. Trata-se de uma versão infernal do modelo, com 808 cv despejados apenas nas rodas traseiras, que o torna o sedã feito em série mais potente do mundo e rápido do mundo. O torque desse V8 Hemi com 6.2 litros Supercharged é também descomunal: 98 kgfm. Gerenciado por um câmbio automático de oito marchas, ele faz de zero a 100 km/h em 3,6 segundos, percorre 400 metros em 10,6 segundos e tem máxima de 327 km/h. Números dilatados, preços dilatados. Nos Estados Unidos, a versão a partir de US$ 89.700, ou R$ 480 mil, quase três vezes o preço da versão de entrada SXT, que sai a US$ 32.700, equivalente a R$ 174 mil.

A versão Hellcat Redeye recebe alargadores de para-lamas, que acrescentam a palavra widebody ao nome que modelo. Além de dar um aspecto bem mais agressivo ao modelo, este aumento permite acomodar das rodas de fibra de carbono aro 20 com bitola de 11 polegadas, aproximadamente 27 cm, que calçam pneus 305/35 ZR. De fato, a Stellantis tem feito um bom trabalho com o Charger, pois além de promover melhorias técnicas, tem sido capaz de aplicar atualizações no design, para manter uma aparência imponente, atraente e ostensiva.

Por dentro, o Charger Redeye permanece o mesmo, com apenas alguns detalhes que o distinguem, tais como bancos esportivos em couro com o logotipo Hellcat no encosto, volante SRT revestido em couro, instrumentos analógicos em vermelho. Os materiais são de boa qualidade, agradáveis ao toque e à visão. Talvez a parte a melhorar sejam os plásticos, na parte inferior do console como nos painéis das portas, que são muito brilhantes. O habitáculo é espaçoso, com espaço suficiente para cinco ocupantes, mas com real conforto para quatro pessoas, com boa área para cabeça e pernas.

Os recursos de conforto são os esperados para um carro nesse padrão. A central multimídia conta com uma tela sensível ao toque de 8,4 polegadas com Uconnect. O software muito amigável e a operação é muito fácil, ainda mais pela presença de um botão de volume. O sistema vem bem completo e oferece espelhamento via Android Auto e Apple Carplay sem fios e o som é alimentado por um sistema de áudio Harman Kardon com 19 alto-falantes.

Em relação ao conteúdo, fica faltando apenas um carregador de indução. Mas o sedã esportivo conta com câmera de ré, ar-condicionado de duas zonas, chave presencial para traves e ignição e assentos aquecidos e ventilados. Na parte de segurança, ficaram de fora os recursos ADAS, por conta da idade do projeto. Apesar do visual moderno, a plataforma é de 2006, época que sistemas avançados de assistência à condução eram bem incomuns. No entanto, o modelo tem uma classificação geral de cinco estrelas nos testes de segurança da NHTSA, entidade americana para segurança viária. O Hellcat traz apenas seis airbags, controle de estabilidade e tração, ABS com assistente de partida em rampa e detecção de ponto cego.

 

Impressões ao dirigir
Ferocidade máxima

Requinte é uma palavra que define tanto o interior quanto o manuseio do Charger SRT Hellcat Redeye. O motor V8 com 6.2 litros tem aquele som borbulhante peculiar quando é acionado. Quando o acelerador é pressionado, o condutor parece abraçar o poder demoníaco do esportivo. Ele é áspero, áspero e rápido. As reações impressionam tanto na estrada quando na pista, mas é possível usá-lo no dia a dia, se não for incômoda gastar muito em combustível. Afinal, um sedã com quatro portas e um porta-malas de 467 litros pode muito bem ser o carro da sua família e não apenas um veículo de uso pessoal.

O Charger Hellcat Redeye não reclama de nada. Em recuperações de velocidade ou mantendo velocidades médias de 150 km/h, ele tem muito mais para entregar imediatamente. E essa capacidade é quase viciante principalmente por causa do som rouco do escapamento desse supercharger. O sedã é extremamente estável nas curvas, por conta da configuração de suspensão adaptativa assinada pela Bilstein e dos pneus largos, que garantem uma aderência excepcional.

A direção é direta e comunicativa, com peso suficiente em velocidades mais altas e suavidade para enfrentar o trânsito. Para completar os recursos técnicos, o modelo conta com freios a disco Brembo de seis pistões, uma enorme capacidade de frenagem e o melhor é que dificilmente entram em fadiga. No fim das contas, o Hellcat Redeye é um carro imponente, que rouba olhares por onde passa, esse presta tanto a ser um brinquedo quando um carro familiar. O triste é que a eletrificação encaminha este tipo de carro para a extinção. 

Álbum de fotos

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]