Domingo, 19 de Maio de 2024

Economia Sexta-feira, 08 de Julho de 2022, 17:53 - A | A

08 de Julho de 2022, 17h:53 - A | A

Economia / PREÇOS DOS ALIMENTOS

Leite acumula 26% de alta e ajuda a elevar o preço da cesta básica

Preço do leite segue em alta desde a primeira semana do mês de maio



Da assessoria

Primeira semana de julho registrou aumento de 0,58% no valor da cesta básica cobrado em Cuiabá. A alta sobre a semana anterior – a última de junho – fez o preço dos mantimentos considerados essenciais para uma família de até quatro pessoas custar R$ 698,71. De acordo com o Instituto de Pesquisa e Análise da Fecomércio Mato Grosso (IPF-MT), a elevação no preço foi impulsionada pelo leite, que segue em alta desde a primeira semana do mês de maio.

É o que mostra o estudo, onde o produto lácteo apresentou elevação semanal de 3,68% e já chega a 26% no acumulado desde o início de maio, saindo de R$ 6,20 para R$ 7,84 a média do litro do leite. Outro item que demostrou alta foi a manteiga, com uma variação de 2,84%, acompanhando o crescimento do seu insumo principal.

Além deste item, a batata que apresentava queda desde a terceira semana de junho, nesta semana registrou alta de 3,85% no comparativo semanal. Segundo o levantamento do IPF-MT, 53% dos alimentos que compõem a cesta básica contribuíram para a alta semanal.

O diretor de Pesquisas do IPF-MT e superintendente da Fecomércio-MT, Igor Cunha, também destacou a elevação no preço da cesta após três semanas de queda. “Um dos fatores que elevaram o valor da cesta básica foi o leite, que apresenta alta desde a primeira semana de maio, assim como a manteiga, que acompanha os aumentos do seu insumo principal desde maio, impactando no crescimento da cesta básica”.

Ainda segundo análise do instituto, a farinha de trigo – que antes sofria impacto com a elevação de preço, decorrente do conflito entre Rússia e Ucrânia –, além do feijão e óleo de soja estão apresentando queda em seus preços, diminuindo o efeito do custo da cesta básica.

 

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]