Domingo, 23 de Junho de 2024

Política Domingo, 01 de Março de 2015, 00:00 - A | A

01 de Março de 2015, 00h:00 - A | A

Política /

Prefeito atende reivindicações e greve na Educação termina em Peixoto



"Meta da administração e estender o piso nacional para todos os trabalhadores do setor"

A greve dos profissionais da Educação terminou em Peixoto de Azevedo, após o prefeito do município, Dr. Sinvaldo Brito (PSD) ter atendido todas as reivindicações da categoria. Os professores e servidores do setor retornaram ao trabalho na quinta-feira. Dr. Sinvaldo e o secretário de Educação municipal, professor Arlindo, se comprometeram, além de estabelecer o piso nacional da categoria, em fazer um levantamento em todas as escolas do município e diagnosticar que medidas podem ser tomadas para diminuir os custos da Educação no município e ampliar benefícios para todos os trabalhadores do setor.

“A data base dos profissionais do magistério é janeiro e o piso nacional será retroativo. Já no próximo pagamento será incluído o reajuste. Os demais trabalhadores tem como base o mês de maio e vamos nos esforçar para estender os mesmos ganhos para toda a categoria”, assegurou o prefeito.

 De acordo com o prefeito, foi formada uma comissão composta pela Câmara Municipal, Recursos Humanos, representante da Educação e um funcionário de apoio, para fazer um levantamento em todas as escolas. “Eles dizem que há gente demais na Educação. Então vamos fazer este levantamento e produzir um relatório, para sabermos  onde podemos cortar para enxugar os gastos para sobrar mais recursos”, disse Dr, Sinvando.

Com o relatório em mãos, o prefeito disse que se saberá o que é possível ser feito. “Não vejo dificuldades em atender a esta cobrança, que considero um pleito justo, desde que haja possibilidades econômicas e jurídicas para não ultrapassarmos os índices constitucionais. Temos boa vontade e queremos estender os benefícios para todos os trabalhadores da Educação”, observou Dr. Sinvaldo.

 Saúde- Dr. Sinvaldo acredita que a partir de março o município de Peixoto de Azevedo passará a viver uma nova realidade, com mais recursos para investir na infraestrutura urbana e melhorar a qualidade de vida da população. “Os gastos para manter o hospital de Peixoto consumia 44% de nossa receita liquida. Agora, com o governo estadual assumindo sua responsabilidade, e o consórcio de Saúde assumindo a administração do hospital, o município vai avançar. Vou investir em infraestrutura urbana e vou deixar um legado para esta cidade”, assegura.

Quanto a saúde, o prefeito afirma que haverá melhorias e a população de Peixoto e dos municípios que formam o consórcio de saúde terão um atendimento de qualidade. “O governo estadual vai repassar R$ 1 milhão para o consorcio, Além disso, temos emendas parlamentares para investir no aparelhamento do hospital regional de Peixoto.

“Temos R$ 3 milhões de emendas para investir no hospital. Uma emenda de R$ 900 mil do ex-deputado federal Eliene Lima e uma outra emenda do deputado Vitório Galli, no valor de R$ 1 milhão. Já o deputado federal Valtenir Pereira, destinou uma emenda de R$ 1, 3 milhão para a prefeita Sandra Martins, de Guarantã do Norte, que será destinada ao hospital regional, Este recurso será investido em aparelhamento no hospital, como raio X, tomógrafos e mamógrafos, dentre outros itens necessário para melhorar a qualidade do atendimento”, assegura Dr. Sinvaldo.

  José Vieira do Nascimento Editor MT Norte

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]