Terça-feira, 21 de Maio de 2024

Economia Quarta-feira, 31 de Agosto de 2022, 10:12 - A | A

31 de Agosto de 2022, 10h:12 - A | A

Economia / MT Criativo

Edital de Mato Grosso alavanca negócio criativo em Alta Floresta

A empreendedora cultural Cassiane Leite está entre os 40 selecionados no estado



Assessoria/ Fernando Zilio

A Economia Criativa tem se apresentado como um expoente em Mato Grosso nos últimos anos. Em intenso ritmo de crescimento, o setor engloba grandes áreas econômicas como arquitetura, design, publicidade, moda, cultura, entre muitas outras.
Um abrangente estudo realizado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro – Firjan, constatou que a Economia Criativa foi responsável por quase três por cento de toda a riqueza produzida no Brasil em 2020, empregando mais de 900 mil profissionais e movimentando tanto dinheiro quanto o ramo da construção civil no mesmo período.
Este setor, que vem crescendo progressivamente desde os anos 2000, recebe cada vez mais atenção do mercado e presencia também o aumento do investimento público, fatores chave para o seu desenvolvimento.

Um exemplo notável é o Programa Mato Grosso Criativo , que incentiva empreendimentos culturais como o Estúdio de Dança Corpo em Movimento, de Alta Floresta-MT, onde a Dança é um negócio que ganha mais e mais espaço na economia local.
A proponente Cassiane Leite, professora e produtora cultural que está entre os 40 selecionados no Edital MT Criativo 2021 da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer – Secel/MT, conta mais sobre a importância desta ação: “Estamos há oito anos à frente do Estúdio produzindo espetáculos e oferecendo aulas de dança em várias modalidades e desde o início percebemos que esse ramo de negócios possui um grande potencial na cidade. O MT Criativo é uma política pública de extrema importância para o setor cultural porque nos permite alavancar o empreendimento, aumentar a qualidade e o potencial de inovação no nosso trabalho, também a nossa capacidade produtiva”, destaca Cassiane.
O projeto visa a capacitar a equipe do Estúdio em áreas técnicas de dança, marketing digital e gestão financeira, além de proporcionar ferramentas decisivas na consolidação do negócio criativo, como a elaboração de estudos de mercado, modelagem de negócio, rebranding e mídias digitais.
Ao final, a proponente espera que o conhecimento adquirido impulsione o empreendimento a novos patamares: “Esta oportunidade oferecida pela Secel com certeza vai ser um ponto memorável na história do nosso empreendimento. Sairemos fortalecidos para superar os novos desafios e preparados para continuar produzindo arte e cultura em Alta Floresta com cada vez mais qualidade”, comemora a empreendedora.
Lançado em 2021, o Edital MT Criativo investe 2 milhões de reais em negócios criativos do estado nas áreas de Artes, Criações Funcionais, Negócios Digitais e Produtos/serviços da Economia Criativa.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]