Quarta-feira, 19 de Junho de 2024

Esporte Segunda-feira, 09 de Fevereiro de 2015, 00:00 - A | A

09 de Fevereiro de 2015, 00h:00 - A | A

Esporte /

Corinthians joga água fria no Palmeiras



 

O clássico entre Palmeiras e Corinthians foi um verdadeiro "choque de realidade" para o time alviverde. Apesar de estar empolgado com seu novo estádio e os 19 reforços contratados recentementes, o Palmeiras foi derrotado por 1 a 0 pelo time misto do Corinthians. Mesmo com a expulsão do goleiro Cássio, o alvinegro tomou poucos sustos e confirmou mais uma vitória no Campeonato Paulista.

Foi um clássico em que nenhum dos times usou 100% de suas forças. Já era sabido que o Corinthians ia jogar com time misto - apenas cinco titulares foram escalados, por causa da decisão na Libertadores. Já o Palmeiras surpreendeu por não ter Dudu e Alan Patrick no time titular e remontar linha de frente que bateu o Audax na estreia - Maikon Leite, Robinho, Allione e Leandro Banana.

O que decidiu o jogo no primeiro tempo foi um erro individual do zagueiro Vitor Hugo. Mas o Corinthians mereceu ir pro intervalo com 1 a 0 no placar, já que teve mais tranquilidade com a bola nos pés, mostrou padrão de jogo e acertou a trave duas vezes. O Palmeiras também teve um cabeceio na trave, mas apresentou problemas repetidos, típicos de um time desentrosado e desesperado: absuou dos chutões, exagerou na velocidade e dependeu de jogadas individuais.

No segundo tempo aconteceu o que todos palmeirenses queriam: entrou Dudu no lugar de Maikon Leite e rapidamente ele fez uma jogada individual bonita para empolgar a torcida. Além disso, a expulsão do goleiro Cássio jogou o Palmeiras para frente de uma vez por todas. Era o risco necessário: atacar para buscar a vitória, mas deixar o Corinthians com perigo no contra-ataque, principalmente por causa da boa atuação do colombiano Mendoza - Prass teve que fazer duas defesas difíceis para evitar um gol dele.

Durante o tempo em que ficou com um jogador a mais, o Palmeiras teve total controle do jogo, mas errou por insistir em jogar pelo meio. Oswaldo tentou fazer substituições, mas o time não abriu o jogo e facilitou o trabalho do time de Tite, que normalmente sabe jogar com um a menos.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]