Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

Política Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2018, 00:00 - A | A

17 de Dezembro de 2018, 00h:00 - A | A

Política /

COLÍDER RUMO AOS 40 ANOS | Colíder planejado para entrar na quarta década



O município de Colíder, um dos mais importantes polos da região norte, completa dia 18 de dezembro, 39 anos de emancipação política administrativa. Todavia, o prefeito Noboru Tomiyoshi, está trabalhando para preparar a cidade para seus 40 anos, que acontecerá em 2019, data que ele considera que deve ser muito comemorada devido a sua importância histórica.                      
Entretanto, os resultados obtidos em 2018, na avaliação do prefeito, foram altamente positivos e o município tem muito o que comemorar na programação de aniversário de seus 39 anos. 
O prefeito assegura que priorizou fazer funcionar o que o município já tinha, estruturando os setores que formam a máquina que atende a sociedade. No entanto, observa que os avanços ocorreram em todos os setores da administração. 
“Colocamos em agosto, de forma satisfatória, todos os serviços à disposição da sociedade em todos os sues quesitos sendo ofertados ao cidadão. Não tenho problema de falta de remédio, de exame, de falta de médicos, de falta de transporte para Cuiabá, de Casa de Apoio. Temos uma Casa de Apoio em Cuiabá que atende uma média de 1.000 a 1.500 diárias por mês e pagamos de R$ 50 a 60 mil. Os pacientes encaminhados para Cuiabá são de atendimento de média e alta complexidade.  Mas não faço distinção, porque as pessoas não podem ficar desassistidas porque são moradores de Colíder e nossa obrigação é atender”, enfatiza. 
 “Invés de fazer um PSF novo, optei em recuperar e manter o que já tínhamos. Fizemos uma revolução na saúde, fortalecendo os PSFs, com médicos, medicamentos e estendemos o atendimento no Centro Municipal de Saúde[UPA] até à Meia Noite e o transformamos em Pronto Atendimento. Com isto, resolvi o problema do hospital regional, porque 80% dos casos se resolve no PSF. Fico feliz em ver que a cidade está em harmonia, em um clima gostoso com a população. E quando o povo não reclama é sinal que está bom. Avançamos em todas as áreas e o município está pronto para seguir crescendo em suas conquistas, beneficiando cada vez mais os moradores”, explica.
Nobobu assegura que neste segundo ano de sua administração, a casa foi posta em ordem e 2018 será fechado dentro dos parâmetros legais da Gestão Fiscal, com pagamento do RGA e de todas progressões acumuladas sobre direitos dos servidores.  
“Colíder tem cerca de mil servidores e uma boa parte do orçamento vai para a folha. Mas isto significa que os servidores estão trabalhando, como professores, médicos e demais servidores que desempenham suas funções. A prefeitura é uma prestadora de serviço e precisa do servidor público. Vou fechar o ano com o índice da folha no limite prudencial de 51.3 a 53%, mas isto significa que o serviço está sendo prestado. Aqui fazemos coleta de lixo até aos domingos na área comercial, para não deixar a cidade suja”, observa. 
Para 2019, em tom de otimismo, o prefeito diz acreditar que será um ano fantástico e maravilhoso, principalmente com relação aos novos governo estadual e presidência da República. “A esperança renasce com o governador Mauro Mendes e com o presidente Jair Bolsonaro. A autoestima da população e a esperança estão renovadas”, observa.
Ele frisa que Colíder tem muitas emendas e convênios assinados, empenhados e alguns foram liquidados. São emendas e convênios para asfalto, sinalização, investimentos na Educação e na Saúde e em outros setores, que no ano que vem deverão ser liberados e as obras começarão a sair do papel. 
“Conseguimos destravar o convênio para a obra de revitalização do parque do Lago dos Pioneiros, recursos da Usina Hidrelétrica de Sinop, temos emendas federais que já foram pagas e o dinheiro está na prefeitura para a execução. Também vamos fazer asfaltos comunitários. Portanto, tenho grande expectativa. Acredito que apesar do governador Mauro Mendes assumir com dificuldades, não vai deixar de fazer as obras essenciais e não irá decepcionar e nem deixar os municípios a mercê da sorte”, pondera.
Colíder 40 anos - Para os 40 anos de Colíder, o prefeito Noboru está programando a administração no sentido de preparar a cidade para esta nova fase de sua história, com a execução e conclusão dos muitos convênios que o município tem assinados e liberados, cujas obras e serviços irão proporcionar melhoras significativas em sua estrutura urbana e proporcionar mais qualidade de vida à população. 
Conforme o gestor, a administração irá fazer um programa de recuperação de todos os Postos de Saúde da Família. Ele anuncia, que no lançamento deste programa, durante a programação de aniversário, serão entregues equipamentos médicos hospitalares para as unidades de saúde.
 Na Educação, segundo o prefeito, foram grandes as conquistas. A jovem senadora é de Colider, da Escola Estadual Milton Armando Pompeu de Barros. O prefeito cita a conquista da medalha de ouro nas Olimpíadas Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, com o aluno Mateus Spontam, da Escola Fábio Ribeiro, único medalhista de Mato Grosso. "Também tivemos conquistas nas Olimpíadas de Física, de Astronomia e Robótica", disse. 
PDDEM-Em 2018 foi aprovado pela Câmara Municipal de Colíder, o programa PDDEM-Programa Dinheiro Direto na Escola- que vai permitir que as escolas a partir de 2019, façam a  gestão dos recursos necessários para a sua manutenção. A descentralização vai permitir que as escolas andem com as próprias pernas. O governo municipal vai colocar R$ 150 mil ao ano no programa.
 Revitaliza Escola- Conforme o prefeito Noboru, a prefeitura vai lançar o Programa Revilatiza Escola, que reformará todas as escolas municipais, com adequações, pinturas, climatização e todas as escolas receberão mobiliário novo para refeitório.
águA e Esgoto- Outro investimento importante é em rede de água, esgoto e saneamento, da empresa concessionária da distribuição de água no município, que segundo o prefeito, irá ultrapassar a R$ 20 milhões, para ampliar os serviços ofertados. 
 “Dentro desta programação, iremos comemorar a conclusão dos serviços que temos, através dos convênios já celebrados com os governo estadual, federal e com as hidrelétricas de Colíder e Sinop, que também irão fazer investimentos. Alguns destes convênios estão com dinheiro na conta e outros aguardando o governo estadual pagar. Vamos entregar todas estas conquistas em 2019, nos 40 anos de Colíder. Vão ser muitas coisas. O ano que vem será diferenciado e vamos estar nos preparando durante os 12 meses para comemorar o quadragésimo aniversário de nossa cidade”, assegura o prefeito. 
futuro governo- Para Noboru, a região Norte perdeu muito na eleição deste ano e quase todos os municípios ficaram sem representantes. 
“Perdemos quatro representantes na Assembleia Legislativa. Perdemos o Romoaldo, Baiano Filho, Pedro Satélite e Silvano Amaral. Só tivemos um deputado estadual reeleito que foi o Dilmar Dal’Bosco e ele não terá condições de exercer a representação de todos os municípios, até porque a quota dele de emendas é a mesma. Quer dizer, perdemos muito. Perdemos um deputado federal, que é o Nilson Leitão. De Sinop a Colíder, Guarantã e Alta Floresta, perdemos muito. Sinop tem um deputado estadual e um federal, mas as outras cidades não tem representação. Cada prefeito vai ter que construir uma nova aliança política”, disse.
No entanto, para Colíder, ele avalia que ficou muito bom. “Apoiamos vários candidatos a deputados estaduais, federais, dois candidatos ao Senado e o governador que se elegeram. Colíder saiu muito fortalecido desta eleição, porque a grande maioria de nossos candidatos, venceram. Pra mim ficou bom e acredito que teremos as portas abertas em Cuiabá e Brasília”, pondera.   
Mauro Mendes- Sobre o governador eleito, Mauro Mendes, Noboru está otimista e confiante no futuro governo de Mato Grosso. “O governo do Mauro tem que ser um governo de Mato Grosso, não pode ser outro prefeito de Cuiabá. Não podemos aceitar que todos os investimentos acabem indo para Cuiabá. Quando ele receber um empresário que queira montar uma indústria em Mato Grosso, tem que colocar à disposição o Estado inteiro e não achar que o cidadão de Mato Grosso é só quem mora em Cuiabá. Os investimentos em infraestrutura não podem ser somente dentro de Cuiabá, tem que distribuir para o Estado inteiro. Em Cuiabá vemos placas de obras de milhões. Quando chegamos aqui as placas são de R$ 100 mil, R$ 50 mil”, aponta.
Porém, Noboru acredita que Mauro Mendes tem uma visão melhor do que a do governador atual, porque já foi prefeito e sabe das dificuldades que os gestores municipais enfrentam no cotidiano e sabe também que é a prefeitura quem a população procura em busca das soluções imediatas. 
“Se o governador buscar parcerias com as prefeituras irá conseguir resolver os problemas do Estado. Ele é um empreendedor com experiência empresarial e se trazer a experiência do setor privado para o setor público, vai funcionar. Percebo que o Mauro é extremamente competente e não irá olhar a questão partidária. Por isso, acredito que ele irá priorizar as parcerias com os municípios e conseguir dar qualidade de vida para a população”, analisa. 
Saúde- Noboru está confiante que o futuro governador irá solucionar a questão da saúde e a gestão dos hospitais regionais, um dos gargalhos do Estado. 
“Ele já deu prova que resolverá o problema. O atual governo, poucas vezes conseguiu trazer recursos de Brasília. E esta foi a falha. Tiveram governadores que trouxeram muitos recursos. Infelizmente, às vezes mal utilizados como os recursos da Copa do Mundo. E o Mauro já conseguiu viabilizar recursos antes de assumir o governo. A diferença para buscar solução, é trazer recursos. Sem ser governador, ele conseguiu R$ 100 milhões para o Pronto Socorro de Cuiabá. Se resolve os problemas com o dinheiro de fora. O dinheiro de Brasília é que faz o diferencial. Os recursos próprios são para o custeio, não dá para fazer investimentos”, acentua.

 

Mensagem à população: Não tem ninguém em Colíder que quer que as coisas aconteçam rápidos no município, mais do que eu. Moro há 32 anos em Colíder e estou prefeito para servir a população. Mas no poder público o processo é burocrático e demorado. Tenho presa e minha responsabilidade é fazer acontecer. Sinto prazer e honra em ser prefeito e ter a oportunidade de trabalhar para a população de minha cidade. E digo para o povo que estou com muita esperança e otimismo, que tudo irá dar certo em 2019. 
Muitas felicidades a todos os colidenses!
Noboru Tomiyoshi

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]