Domingo, 23 de Junho de 2024

Política Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2018, 00:00 - A | A

14 de Fevereiro de 2018, 00h:00 - A | A

Política /

CORRE

Jornal Mato Grosso do Norte



Reportagem
Mato Grosso do Norte

O vereador Sílvio Dutra (PDT) de Guarantã do Norte, disse que não procede a nota publicada na coluna Mais, de Mato Grosso do Norte, na sexta-feira, 9, que disse que ele poderia passar fazer parte da base do prefeito Érico na Câmara Municipal.  Ele afirmou que em nenhum momento em pronunciamento na tribuna da Câmara, na primeira sessão do Legislativo municipal, disse que iria fazer parte da base do prefeito. 

O pedetista assegurou que sua decisão é justamente para ter mais força para poder fiscalizar as ações do executivo municipal, cumprindo com sua função parlamentar, na defesa dos interesses da sociedade. “Em nenhum momento disse que estou abandonando meu grupo político e que estaria indo para a base do prefeito. Muito pelo contrário. Minha obrigação e justamente fiscalizar as ações da administração e é isto que vou fazer”, frisou. 
“Disse que a decisão que eu tomei junto com minha família é anunciar que passo a exercer o meu mandato de forma individual. Que não estou abandonando meu grupo e nem o meu partido. Mas que decidi fazer o que tinha que ser feito, tomar a decisão que tem que ser tomada e acima de tudo, fazer uma oposição inteligente e que irá dar trabalho ao poder executivo. Em nenhum momento disse que iria apoiar o prefeito”, pontua.
O parlamentar assegura que acredita numa oposição construtiva, que não apenas critique, mas que também apresente soluções. “Eu nunca enfrentei o prefeito sem antes apresentar uma solução. Também disse que estou consciente que poderei sofrer retaliações, mas não estou preocupado com a reeleição. Quero honrar cada voto que recebi dos meus eleitores e ajudar a minha cidade”, assegurou Sílvio.  

 

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]