Sexta-feira, 24 de Maio de 2024

Política Quinta-feira, 08 de Setembro de 2022, 20:58 - A | A

08 de Setembro de 2022, 20h:58 - A | A

Política / PM

Eleita, Marcia pretende reestruturar PM além de construir e reformar quartéis militares

Marcia afirma que irá dar autonomia financeira para que os policiais militares consigam gerir suas despesas



Assessoria

A candidata ao Governo do Estado, Marcia Pinheiro (PV), pela coligação ‘Para Cuidar das Pessoas’ - Federação Brasil de Esperança formada pelo PV, PT, PC do B, PSD, PP e Solidariedade, afirmou que, eleita, irá implementar uma reestruturação na Polícia Militar, visando a melhoria das condições de trabalho, e valorização do servidor público do Estado.

  Atualmente a Polícia Militar de Mato Grosso tem um auxílio alimentação de R$ 450 que não atende a necessidade real dos profissionais. O último aumento salarial que a classe obteve foi em 2014, tornando o salário totalmente defasado. Outra demanda da categoria é quanto às reformas e construções de quarteis militares, que também não possuem as mínimas condições dignas de trabalho.  

“Policiais militares de Mato Grosso vem sofrendo há anos, desde a baixa remuneração até às condições mínimas que um cidadão necessita para trabalhar. Não há prédios descentes, as reclamações são de que não tem internet que funcione nas bases militares e nos quartéis. Os computadores são sucateados, e que os que possuem foram doados de outras secretarias por já estarem velhos. Em nosso Governo essa realidade não será admitida, uma das primeiras coisas que irei fazer é uma reunião orçamentária com o comandante da PM para mudar essa realidade”, disse a candidata.  

Marcia afirma que irá dar autonomia financeira para que os policiais militares consigam gerir suas despesas com manutenção e aquisição de insumos básicos nos quartéis. Outra demanda da categoria é a aquisição de mais Equipamentos de Proteção Individual - EPI (Colete Balístico, Armamento e Equipamentos) para o policial militar, que atualmente precisam ficar se dividindo entre eles passa o uso durante o trabalho.  

“Essas e outras necessidades da Polícia Militar devem ser tratadas como prioridade. Eu já disse e volto a repetir, meu Governo será de diálogo, e com certeza vamos ouvir os policiais, ouvir as suas necessidades e demandas. Nada mais justo, já que todos os dias eles dão a vida para nos proteger”, ressaltou.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]