Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Política Quarta-feira, 19 de Junho de 2024, 10:18 - A | A

19 de Junho de 2024, 10h:18 - A | A

Política / Efeito colateral

Esposa de Neri também deve ser exonerada da Conab



Reportagem

O ex-secretário de Política Agrícola, Neri Geller (PP), empregou a esposa, a advogada Juliana Vieira Geller, na Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) antes de ser exonerado do Ministério da Agricultura (Mapa), segundo a coluna de Andreza Matais no Uol. A advogada foi nomeada no cargo de assessora da presidência, com salário de R$ 15.220,38. Além da companheira, Neri tamém teria apadrinhado Thiago José dos Santos como diretor de Operações e Abastecimento da Conab.
Conforme a coluna, os dois cargos fariam parte de um acordo político feito com o Mapa. A empresa pública organizou o leilão do arroz que implicou no desligamento de Geller.
Juliana começou na Conab em abril de 2023. Neri atuava no Mapa indiretamente como secretário, sua nomeação foi oficializada após decisão da Justiça, que liberou sua contratação pelo governo.
À reportagem do Uol, a Conab afirmou que Juliana Geller passou por processo seletivo, tendo o currículo avaliado como os demais candidatos. "A Conab recebeu vários currículos, incluindo o da assessora. Foi escolhida a partir do perfil para a função que executa na assessoria da presidência", se manifestou a empresa pública por meio de nota.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]