Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

Política Segunda-feira, 17 de Junho de 2024, 17:54 - A | A

17 de Junho de 2024, 17h:54 - A | A

Política / Leilão do Arroz

Fávaro será ouvido na Comissão de Agricultura nesta quarta-feira

Deputado do PL apresentou o requerimento convocando Fávaro e Pimenta no último dia 4



Assessoria

O ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro (PSD), irá prestar esclarecimentos sobre o leilão bilionário de arroz na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR) da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (19). O requerimento convocando Fávaro e o ministro da Secretaria Extraordinária de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta (PT), foi apresentado pelo deputado federal José Medeiros (PL-MT) no último dia 4 de junho.

Fávaro terá que explicar o leilão para compra de 263 mil toneladas de arroz, que foi anulado na semana passada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) após suspeitas de irregularidades. Além disso, ele terá que dar detalhes sobre a demissão Neri Geller da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura,

"Há questões muito graves ocorrendo no Governo Lula que precisam ser esclarecidas. A demissão de Neri e a suspensão do leilão são apenas uma cortina de fumaça. Fávaro precisa explicar o mais grave, que é a decisão do governo em comprar arroz, uma vez que a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) informou que 85% da safra de arroz plantada no Rio Grande do Sul já havia sido colhida antes das chuvas, portanto não há riscos de desabastecimento de arroz no país. A decisão de importar arroz prejudica o produtor brasileiro e a população e tem cheiro de corrupção", declarou Medeiros.

O Governo Federal liberou R$ 7,2 bilhões para a compra de até 1 milhão de toneladas de arroz importado, sendo que no leilão cancelado para compra de 263 mil toneladas de arroz, empresas sem capacidade técnica e financeira seriam responsáveis pelo fornecimento do grão. "Antes mesmo do cancelamento do leilão, denunciamos que havia algo errado nessa transação. Por isso, solicitamos a convocação dos ministros Fávaro e Pimenta. O cheiro de coisa errada era e é evidente, pois essa é prática do PT e desse desgoverno", disparou Medeiros, que é um dos líderes do bloco de oposição na Câmara Federal.

O deputado federal informou ainda que Neri Geller deverá ser ouvido na Comissão de Agricultura nesta terça-feira (18). Já a participação do ministro Pimenta ainda não foi agendada.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]