Sábado, 18 de Maio de 2024

Política Quarta-feira, 14 de Dezembro de 2022, 15:41 - A | A

14 de Dezembro de 2022, 15h:41 - A | A

Política / Manifestações

Militares já esperam ordem de Lula para acabar com atos golpistas

A retirada dos apoiadores de Bolsonaro será um dos primeiros pedidos de Lula em conversa com os futuros comandantes-gerais a serem confirmados por ele



Os comandantes de unidades militares sitiadas por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) já esperam ordem do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), para dispersar os atos antidemocráticos em frente a quartéis pelo país. A informação é do jornal Folha de S. Paulo e foi divulgada nesta quarta-feira (14).

Revoltados com a derrota nas eleições de outubro, bolsonaristas têm feito manifestações golpistas em várias cidades brasileiras. Desde o dia 30 de outubro, eles não aceitam a vitória de Lula e pedem intervenção militar.

Na terça (13), foi publicada a informação de que o petista irá pedir aos próximos comandantes-gerais das Forças Armadas a remoção de manifestantes que fazem protestos na entrada de quartéis contestando o resultado das urnas e pedindo golpe.

A retirada dos apoiadores de Bolsonaro será um dos primeiros pedidos de Lula em conversa com os futuros comandantes-gerais a serem confirmados por ele.

O presidente eleito já havia compartilhado com parlamentares de sua base aliada que trataria com os generais o plano de encerrar as aglomerações e acampamentos no entorno das organizações militares.

Ainda segundo o jornal, a dispersão dos golpistas é a prioridade do Ministério da Defesa, que será comandado por José Múcio, principalmente depois dos atos de violência que ocorreram em Brasília na noite de segunda-feira (12).

Apoiadores de Bolsonaro tentaram invadir a sede da Polícia Federal (PF) e entraram em confronto com oficiais da corporação. Eles também quebraram vidros da 5ª Delegacia de Polícia, na Asa Norte. Isso tudo aconteceu após o STF (Supremo Tribunal Federal) determinar a prisão temporária contra o indígena José Acácio Tserere Xavante, apoiador do atual mandatário.

De acordo com o Supremo e a PGR (Procuradoria-Geral da República), Tserere é investigado por participar de atos antidemocráticos e reunir pessoas para cometer crimes.

Militares já esperam ordem de Lula para acabar com atos golpistas (yahoo.com)

 

Comente esta notícia

ELMO COBO COTRIM 15/12/2022

Este é o sonho da imprensa comprada realidade e bem diferente forças armadas sempre ligadas à honra pátria e família pensa exatamente ao contrário do redator desta falácia!

1 comentários

1 de 1

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]