Sexta-feira, 21 de Junho de 2024

Política Sexta-feira, 12 de Junho de 2015, 00:00 - A | A

12 de Junho de 2015, 00h:00 - A | A

Política /

Riva construiu fortuna em 20 anos na AL

Jornal Mato Grosso do Norte



Reportagem MT Norte

Em seus 20 anos a frente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, o ex-deputado e agora presidiário José Riva, construiu um verdadeiro império, formado em sua maioria por imóveis em Cuiabá e no interior do Estado, principalmente em Juara, base do ex-parlamentar.

O  Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado, Gaeco, na segunda etapa da Operação Imperador, seqüestrou em nome do ex-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e de sua esposa Janete Riva, quase 2.783 milhões de metros quadrados, entre terrenos e pequenas propriedades. Nesses espaços dariam para construir quase 23 maracanãs. Os terrenos ficam em cidades do  norte de Mato Grosso.

O casal também teve uma aeronave modelo PA-31T2 apreendida e mais 11 veículos, entre eles estão carros luxuosos como um Honda Accord, Audi A3, Audi A4, Mercedes Benz Neobus Thuender e uma Toyota Hillux.

O sequestro destes bens de Riva foi determinado pela juíza Selma Rosane Santos Arruda, da Sétima Vara Criminal da Capital, e cumprida pelo Gaeco como forma de recompor prejuízo que pode chegar a R$ 62 milhões na Assembleia Legislativa.

Riva e Janete têm ainda outros imóveis, como por exemplo, as casas de Juara e a de Cuiabá onde moram e que não aparecem na lista de bens sequestrados, além de outras propriedades rurais. A lista de bens do casal ainda é bem maior que esta que foi divulgada.

Riva tem é dono da fazenda Estrela, na cidade de Tabaporã e mais nove imóveis em três regiões nobres da capital que não entram na conta da polícia porque a metragem não foi revelada pelo Gaeco. Em Cuiabá, estes imóveis estão localizados nos bairros Goiabeiras, Santa Rosa, condomínio Bosque dos Ypês, além de um apartamento no Centro da cidade.

Em Juara Riva possui 60 mil metros quadrados de terrenos, que ao todo somam 123 lotes, além de mais dois em Porto dos Gaúchos e 574 mil metros quadrados de terras em Colniza. Os valores não foram divulgados pelo Gaeco.

 

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]