Sábado, 18 de Maio de 2024

Esporte Sexta-feira, 16 de Setembro de 2022, 17:56 - A | A

16 de Setembro de 2022, 17h:56 - A | A

Esporte / Racismo

clubes brasileiros prestam solidariedade a atacante vítima de racismo

Vinicius Junior, foi alvo de um comentário racista



Por  Redação do ge — de Belo Horizonte

 

O atacante brasileiro do Real Madrid-ESP, Vinicius Junior, foi alvo de um comentário racista no programa "El Chiringuito", que passa na TV espanhola. Depois de um movimento nas redes sociais, foi a vez dos clubes brasileiros prestarem solidariedade ao camisa 20 do clube madrilenho.

O Cruzeiro e Atlético-MG realizaram postagens em apoio ao brasileiro. A Raposa incentiva em sua postagem que o brasileiro "vibre, corra para o abraço e dance". O Galo fala que "reforça posição de repúdio ao racismo no futebol e em todas as esferas da sociedade". As postagens tiveram resposta do próprio Vinicius Junior.

O Flamengo, clube que revelou o jogador, também externou apoio a sua "cria". O rubro-negro postou um vídeo de gol marcado por Vini Jr que é celebrado com uma dancinha.

O Fortaleza também usou a rede social para dar apoio ao atacante brasileiro. Na postagem, o Leão do Pici pede que o brasileiro "siga bailando contra a discriminação". Já o Grêmio falou que o futebol "é gente vibrando e se abraçando, sem espaço para preconceito".

O América-MG produziu um vídeo com o jogador Matheusinho para reforçar o apoio ao brasileiro. Após fazer uma dancinha, o meia-atacante do Coelho manda mensagem ao atacante.

A CBF também realizou uma postagem que contou com a resposta do jogador. Em outra rede social, o jogador compartilhou outras mensagens que apoio que recebeu - dentre elas do Rei Pelé. Também foram solidários ao brasileiro seus colegas de Seleção: Neymar, Paquetá, Thiago Silva e Raphinha. A hashtag "#bailaViniJr" ganhou notoriedade.

 

Danças se tornam alvo de críticas

Nesta semana, as comemorações de Vini Jr. viraram tema na imprensa espanhola, com críticas por parte de Koke, capitão do Atlético de Madrid - próximo rival do Real no Campeonato Espanhol -, que prometeu uma confusão caso o brasileiro fizesse alguma dança no Metropolitano. Horas depois do comentário racista, Pedro Bravo se desculpou usando suas redes sociais.

 

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]