Quinta-feira, 23 de Maio de 2024

Esporte Segunda-feira, 12 de Setembro de 2022, 09:24 - A | A

12 de Setembro de 2022, 09h:24 - A | A

Esporte /

Verstappen frustra festa da Ferrari e vence o GP da Itália



GE

Uma indigestão holandesa no meio da festa italiana. Neste domingo, Max Verstappen levou a melhor sobre Charles Leclerc em Monza e, pela primeira vez na carreira, venceu o GP da Itália de Fórmula 1. Daniel Ricciardo abandonou nos momentos finais e o safety car gerou expectativa por mais uma batalha entre RBR e Ferrari. Mas a corrida no Templo da Velocidade - ah, a ironia! - terminou sob bandeira amarela.

Charles Leclerc, em segundo, e George Russell, em terceiro, fecharam o pódio em Monza. Esta é a 11ª vitória na temporada de Max Verstappen, que pode levar o bicampeonato da F1 já no GP de Singapura. Para isso, o holandês precisa vencer e torcer para Leclerc cruzar, no máximo, na nona posição.

Com o triunfo inédito, o atual campeão da F1 dá fim a uma sina em Monza. Nos oito GPs da Itália que disputou anteriormente, Verstappen nunca tinha subido ao pódio; a melhor colocação foi um P5. No ano passado, Max sequer concluiu a corrida (e também foi punido) após batida com Lewis Hamilton. O holandês também está a dois triunfos de igualar o recorde de mais vitórias em uma única temporada, que pertence a Michael Schumacher e Sebastian Vettel, com 13.

Estreando em GPs de Fórmula 1, Nyck de Vries cruzou em P9 e levou dois pontinhos com estratégia bem-sucedida de apenas uma parada. O piloto de 27 anos, que é reserva da Mercedes, foi chamado às pressas para o cockpit da Williams após Alex Albon ser diagnosticado com apendicite.

Sergio Pérez teve problemas no RB18, caiu à última posição e também fez corrida de recuperação. Cruzando a linha de chegada no sexto lugar em Monza, o mexicano da RBR também conseguiu o ponto extra da volta mais rápida.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]