Quinta-feira, 23 de Maio de 2024

Agronegócio Quarta-feira, 26 de Outubro de 2022, 08:14 - A | A

26 de Outubro de 2022, 08h:14 - A | A

Agronegócio / Mais caro

Custo a produção de soja será 67% mais cara em Mato Grosso, aponta IMEA

Alta no preço dos insumos foi a principal responsável pelo aumento nos custos



Reportagem

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropeccuária (IMEA) divulgou a consolidação do custo de produção da soja transgênica para a safra 2022/23 em Mato Grosso.
O relatório aponta aumento no custeio de 67,21% em relação à safra
2021/22, fechando em R$ 4.910,24/hectare. O aumento foi pautado, principalmente, pelas altas nos preços dos insumos agrícolas e combustíveis no último ano.
Houve considerável aumento nos custos com fertilizantes, semente de soja, operações mecanizadas e defensivos apresentaram incrementos de 115,75%, 69,33%, 47,51% e 27,38% no comparativo anual, respectivamente.
Já o custo operacional efetivo (COE) ficou projetado em R$ 6.266,79/hectare e o custo operacional total (COT) em R$ 6.557,27/ha nesta consolidação.

Houve considerável aumento nos custos com fertilizantes, semente de soja, operações mecanizadas e defensivos


No próximo mês, o Instituto divulgará a primeira estimativa de custo de produção para a safra 2023/24 e a expectativa até o momento é de ampliação nas despesas para a próxima temporada, conclui o levantamento, divulgado ontem, no boletim semanal da soja.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]