Terça-feira, 21 de Maio de 2024

Atualidades Quarta-feira, 06 de Julho de 2022, 09:24 - A | A

06 de Julho de 2022, 09h:24 - A | A

Atualidades / método IntraAct

Secretaria de Educação compartilha método de ensino com outros municípios

O método IntraAct de Alfabetização é utilizado há 30 anos na Alemanha, garante a alfabetização rápida e eficiente



Assessoria
Prefeitura de Alta Floresta

Após a implantação do método IntraAct de Alfabetização, no município de Alta Floresta, os resultados positivos começaram a despertar a atenção de educadores de toda a região. Na última semana uma reunião com representantes da educação dos municípios de Carlinda e Paranaíta, proporcionou a multiplicação do método.
Em Alta Floresta o método foi apresentado e adotado, diante as perdas educacionais no quadro pandêmico, o objetivo é que o programa de alfabetização das crianças, possa ajudar não apenas as turmas individuais, mas em todas as escolas, com aprendizagens significativas que deverão contribuir para ressignificar o papel da escola, no município é coordenado pela Psicopedagoga Irene Mendes Duarte.

O método IntraAct de Alfabetização é utilizado há 30 anos na Alemanha, garante a alfabetização rápida e eficiente

“Recebemos uma visita da Irene e ela apresentou o projeto Alfabetiza Alta Floresta e nós ficamos encantados com os resultados, apesar de estar em fase inicial ainda, mas já tiveram resultados positivos, muito proveitosos e nós fomos convidados a vir participar e estender esse trabalho em Paranaíta. Um trabalho incrível, nós vamos levar à Paranaíta, as próximas formações acontecerão agora com nossos professores, nossos profissionais e tenho a certeza que teremos ótimos resultados como vocês tiveram em grande sucesso aqui em Alta Floresta”, destacou Andressa Oliveira, secretária municipal de Educação, Esporte e Cultura de Paranaíta.
O método IntraAct de Alfabetização é utilizado há 30 anos na Alemanha, garante a alfabetização rápida e eficiente das crianças nesta fase. Esta adesão vem de encontro ao cuidado com a educação em Alta Floresta. No Brasil esse método foi aplicado pela primeira vez pela professora Psicopedagoga Irene Mendes Duarte, com um grupo de 40 crianças no ano de 2021, na escola Municipal Professor Benjamin Padoa, entre elas, duas crianças especiais.
Para a secretária de educação de Alta Floresta, Lucineia Matos, compartilhar o método é multiplicar o conhecimento proporcionando mais qualidade nas redes públicas de educação.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]