Domingo, 23 de Junho de 2024

Política Domingo, 15 de Novembro de 2015, 00:00 - A | A

15 de Novembro de 2015, 00h:00 - A | A

Política /

Governo define modelo de gestão para o Hospital Regional de Colíder



LORRANA CARVALHO Assessoria/SES-MT

O secretário de Estado de Saúde, Eduardo Bermudez, se reuniu na quinta-feira (12.10) com prefeitos, vereadores e secretários municipais de Saúde da região Norte de estado para anunciar o novo modelo de gestão do Hospital Regional de Colíder, que será por meio de administração direta. O encontro foi realizado no auditório do Ministério Público e contou com a presença do Consórcio Intermunicipal da Região Norte de Mato Grosso (CISRNM) e do promotor de Justiça, José Vicente de Souza. 

Bermudez pontuou que no prazo de 60 dias toda a questão jurídica deve ser resolvida para que o Estado assuma a administração do Hospital Regional. “Definimos junto com as lideranças da região o modelo de gestão do Hospital Regional de Colíder e nossa perspectiva é de que nos próximos 60 dias esse processo jurídico e de avaliação de como vamos tratar a recuperação da estrutura do hospital estará resolvido”. 

Acompanhado da assessora técnica da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Margarete Chaves, o gestor explicou que a visita também teve o objetivo de discutir com os gestores municipais o financiamento e a estruturação da saúde na região. “Nossa vinda a Colíder é para que possamos conhecer a demanda do hospital e da região. Ouvimos os prefeitos e vereadores e iremos levar pra Cuiabá todas as questões e dar uma resposta num tempo célere”, afirmou o secretário, lembrando que o Governo do Estado tem trabalhado efetivamente para que o Hospital Regional de Colíder volte a funcionar e a ser referência no estado. 

Sobre a atual situação da unidade de saúde, Bermudez esclareceu que pagamentos em atrasos estão sendo efetuados pela SES. No mês de outubro foram pagas notas referentes aos serviços prestados no hospital no valor de R$ 8 milhões e na primeira semana do mês de novembro o total foi de R$ 589.266,09. Em relação à UTI neonatal, a previsão é de que em 30 dias esteja reestruturada e em funcionamento. 

Outra notícia levada pelo gestor estadual foi a realocação de dezesseis servidores para o Hospital Regional de Colíder e o nome do novo diretor da unidade, Paulo Sérgio Lopes de Souza, que é ex-secretário de Saúde do município e funcionário de carreira do Estado. “O desafio é grande, mas com a participação de todos e o apoio do Governo do Estado conseguiremos fazer com que essa unidade hospitalar volte a ser referência e volte a apresentar a resolutividade que um dia apresentou”, destacou o novo diretor. 

Eduardo Bermudez também se reuniu com os médicos prestadores de serviço e servidores do hospital. “Estamos reestruturando e reorganizando a saúde e a secretaria estadual e esse momento de conversa com os médicos e servidores é fundamental. Saúde se faz com gente, com o servidor focado na atenção ao usuário do SUS com respeito e carinho, e acredito que nossos servidores podem e vão realizar um bom trabalho”. 

Para o deputado estadual Pedro Satélite, que acompanhou a agenda no município, a visita resultou em boas notícias e deu uma nova esperança para a população de Colíder e região. “Tenho certeza de que com a gestão sendo realizada pelo Governo do Estado, através da administração direta, o Hospital Regional de Colíder voltará a salvar vidas e vamos voltar a nos orgulhar da unidade”. 

Participaram também do encontro: o presidente do Consórcio Intermunicipal da Região Norte de Mato Grosso (CISRNM) e prefeito de Nova Guarita Francisco Endler; os prefeitos Nilson Santos (Colíder); Raimundo Zanon (Itaúba); Arnobio Viera (Marcelândia); os secretários municipais de saúde de Nova Canaã do Norte e Nova Santa Helena, Elisandro Nascimento e Dieme Araújo; o diretor do Escritório Regional de Colíder, Adriano dos Santos; além de vereadores de Colíder. 

Alta Floresta 

Durante a visita em Colíder, o secretário Bermudez também recebeu os vereadores de Alta Floresta, Lau da Rodoviária, Rogério Colicchio, Paulinho Jiló e Elói Crestani, além de representantes de clubes de serviços do município. Preocupados com a situação do Hospital Regional do município, os vereadores apresentaram ao gestor estadual as principais demandas da unidade e da saúde na região. 

Bermudez ressaltou que já foram pagas notas referentes aos serviços prestados no valor de R$ 8 milhões e afirmou que para o Hospital Regional de Alta Floresta a proposta é que o Governo do Estado também assuma a gestão. “As primeiras ações que priorizei ao assumir a pasta foi buscar resolutividade para a situação de pagamento, abastecimento e gestão dos hospitais regionais e Alta Floresta não vai ficar de fora”, disse. 

O secretário esatdual confirmou que vai programar uma visita ao município de Alta Floresta para também visitar in loco o hospital regional e discutir com os representantes municipais as ações para a região.

 

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]