Quarta-feira, 19 de Junho de 2024

Política Sábado, 18 de Maio de 2024, 17:46 - A | A

18 de Maio de 2024, 17h:46 - A | A

Política / 'ESTOU AQUI PARA APRENDER'

Juiz toma posse como titular do TRT-MT

Empossado destacou que pretende fazer um trabalho focado no fortalecimento do processo democrático



O juiz Luis Otávio Pereira Marques tomou posse como juiz-membro do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) na categoria juiz de Direito, na sexta-feira, 17. A solenidade foi realizada de forma presencial, no Plenário do Tribunal, logo após a Sessão Plenária, com a presença de diversas autoridades.

 A presidente do TRE-MT, desembargadora Maria Aparecida Ribeiro, disse que a sessão solene marca um dia muito especial. “Falo isso, ao ver reunida não só sua família, mas também os amigos, pois são eles que nos fortalecem para que possamos seguir em frente, mesmo diante dos desafios. Essa fortaleza encontrei na família e nos amigos, que adquiri pelo caminho, e agora não é diferente com o TRE, onde temos pessoas que enxergam o seu próximo como a si mesmo. Temos, aqui na Justiça Eleitoral, um compromisso com a sociedade e com a democracia, em realizar eleições sérias e transparentes, e tenho certeza que o Dr. Luis Otávio chega para somar”.

 Representando o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, o governador em exercício Otaviano Pivetta, ressaltou o profissionalismo do empossado. “Fico muito contente em ver um profissional do gabarito do doutor Luis Otávio ascender na carreira e ocupar cada vez mais espaço, porque ele é uma referência no Judiciário. Eu o conheço há 25 anos, o vi começar na carreira na minha cidade, em Lucas do Rio Verde, e tenho certeza que o processo democrático tem muito a ganhar com a presença dele no TRE-MT. Ele tem uma carreira exemplar, é um magistrado que merece a nossa reverência”, pontuou.

 O juiz-membro do TRE-MT, Edson Dias Reis, fez o discurso de recepção ao empossado, no qual salientou sua sólida carreira. “São 25 anos de magistratura, que lhe rendem adjetivos sólidos de um caminhar firme, disciplinado, responsável, sereno, equilibrado, humano, justo e com a postura a revelar verdadeiro sacerdócio e amor a missão que lhe foi incumbida ainda quando tinha apenas 24 anos de idade. m sacrifício a sua juventude, assumiu com afinco e dedicação o trabalho árduo nas comarcas em que atuou ao longo da carreira, enfrentando pesadas demandas de todas as naturezas nas Comarcas de Lucas do Rio Verde, em época que já contávamos com o advento de computadores, mas na unidade judicial tinha máquina de escrever para socorrer uma urgência, Comarca de Juína, em tempo de estradas de terra, atoleiros e comunicação precária, Comarca de Primavera do Leste e, por fim, Várzea Grande, onde é titular da 3ª Vara Cível e Diretor do Foro”.

 Com um discurso emocionado, ao mencionar o apoio da família, principalmente, o empossado destacou que pretende fazer um trabalho focado no fortalecimento do processo democrático. “Quero propiciar, junto aos pares, uma eleição tranquila. Estamos aqui de corpo e a alma para somar. Nesse sentido, pedimos também que candidatos e candidatas façam a eleição com um bom diálogo e que se atenham à norma jurídica. Nós, da Justiça Eleitoral, estaremos aqui para garantir a lisura do processo eleitoral e o sagrado direito ao voto do cidadão”, assegurou.

 O magistrado, que já atuou como juiz eleitoral no interior de Mato Grosso e também na Comarca de Várzea Grande, inclusive, como gestor do Fórum, frisou que pretende contribuir com sua experiência e que está aberto ao aprendizado. “Atuei, por várias vezes, como juiz eleitoral, realizando eleições municipais e eleições gerais, e tentarei compartilhar essa experiência, mas, na verdade, é tudo é um aprendizado. Então, estou aqui para aprender e para também contribuir com a minha experiência perante a Justiça Eleitoral”, acrescentou o novo juiz-membro, que tomou posse como titular na vaga anteriormente ocupada pelo agora desembargador José Luiz Leite Lindote.

 Representando a presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), desembargadora Clarice Claudino da Silva, a vice-presidente, desembargadora Maria Erotides Kneip, destacou a atuação conjunta do Poder Judiciário em prol da democracia. “Trago o abraço da presidente, que sabe da importância dessa atuação conjunta entre TJ e TRE-MT, por meio de parcerias e troca de conhecimentos e experiências. Conheci o Dr. Luis Otávio muito jovem e já era um aluno brilhante, que se destacava pelo gosto pelo estudo. Essa maneira de gestão que ele desempenhou como diretor do Fórum de Várzea Grande vai contribuir muito com a Justiça Eleitoral de Mato Grosso. É um exímio gestor, capaz de buscar soluções conciliadoras e rápidas”.

 Também compôs a mesa de autoridades o presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), desembargador Sérgio Fernandes Martins. “Me sinto muito feliz de estar nessa ocasião, por prestigiar esse momento, pois os Poderes Judiciários de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul são da mesma costela, digamos assim. Desejo sucesso ao novo juiz-membro e ao TRE-MT”.

 Currículo

Luis Otávio Pereira Marques ingressou na magistratura em 26/02/1999 , já atuou como juiz de Direito titular da 21ª Zona Eleitoral, da Comarca de Porto dos Gaúchos no período de 09/10/2001 a 07/07/2003; da 35ª Zona Eleitoral, da Comarca de Juína de 26/08/2003 a 02/11/2004; da 40ª Zona Eleitoral, da Comarca de Primavera do Leste de 03/12/2004 a 29/12/2006 e de 01/02/11 a 27/05/12; e da 49ª Zona Eleitoral, da Comarca de Várzea Grande nos períodos de 01/02/2011 a 27/05/2012 e de 28/04/2014 a 27/04/2016. Atualmente, é juiz de Direito titular da 3ª Vara Cível e Diretor do Foro da Comarca de Várzea Grande, desde 28/05/2012 e juiz de Direito titular da 49ª Zona Eleitoral, da Comarca de Várzea Grande, desde 02/02/2023 (Resolução n. 2761/2022).

 Além disso, é coordenador do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania - CEJUSC/VG; coordenador da Justiça Comunitária/VG; coordenador do “Programa de Estágio Judicial” conforme Portaria nº 23, de 30 de setembro de 2022 da Esmagis; e membro do Comitê Gestor Regional do Processo Judicial Eletrônico.

 O magistrado formou em Direito pela Universidade de Cuiabá (UNIC) em 1998 e possui pós-graduação Lato Sensu/Especialização em Direito Penal e Processo Penal pela Universidade Estácio de Sá e pós-graduação – MBA em Poder Judiciário pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) – Direito Rio.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]