Domingo, 19 de Maio de 2024

Política Quarta-feira, 03 de Agosto de 2022, 07:39 - A | A

03 de Agosto de 2022, 07h:39 - A | A

Política / Fechado com o PL

Mauro Mendes se coligará com PL e desiste de palanque aberto

Decisão deve afastar aliados e Carlos Fávaro volta a ser cogitado para disputar o governo



Reportagem/ Mato Grosso do Norte

O governador Mauro Mendes (UB) definiu a aliança com o senador o Wellington Fagundes (PL), encerrando as discussões sobre palanque aberto na corrida eleitoral deste ano. Mendes, inclusive, já comunicou o pré-candidato ao Senado, Neri Geller (PP), sobre seu fechamento com Wellington Fagundes.
O deputado federal Neri Geller (PP), pré-candidato ao Senado Federal, afirmou que recebeu uma ligação do governador Mauro Mendes (União Brasil) nesta terça-feira, 2, comunicando que fechou acordo para apoiar a reeleição do senador Wellington Fagundes (PL).
“O Mauro ligou para mim e falou que iria coligar com o PL. Portanto, agora acabou meu compromisso com ele”, afirmou o deputado.
Com a recusa ao palanque aberto, o senador Carlos Fávaro (PSD) também deve romper com Mauro e reconsidere o convite do ex-presidente Lula (PT) e se torne pré-candidato ao Governo com o apoio da Federação Brasil da Esperança (PT, PCdoB e PV). Nessa conjuntura, seria mantida a candidatura de Neri Geller ao Senado.

O Mauro ligou para mim e falou que iria coligar com o PL. Portanto, agora acabou meu compromisso com ele

Este fechamento também dará novos contornos para as discussões de outros partidos da base aliada do governo, que apoiam Mauro Mendes, mas que tem resistência ao nome de Wellington Fagundes, ou estavam na torcida por palanque aberto para o Senado e presidência da República.
O deputado federal Carlos Bezerra (MDB), é entusiasta do palanque misto para o governador, adiantou que na convenção de seu partido, que se realiza na sexta-feira, 5, os emedebistas sairão com uma decisão. Mas nem Neri Gueller e nem Fagundes não são unanimidade entremeio a sigla.
Quem também apostava ‘todas as fichas’ no palanque aberto era o deputado estadual Max Russi (PSB). A decisão de Mendes levará o PSB a abrir o diálogo com outros partidos, o que pode colocar em xeque a candidatura da médica Natasha Slhessarenko ao Senado.
NOTA - O após as notícias que começaram a circular nos sites, sem citar nomes, negou que tenha fechado com qualquer um dos pré-candidatos e afirma que as negociações para compor seu palanque, continuam.
O governador Mauro Mendes confirmou que conversou com o deputado federal Neri Geller, sobre palanque aberto e coligações para as eleições de 2022. Durante o telefonema, Mauro contou que explicou a Neri como funcionaria o palanque aberto.
“Disse a ele que a coligação seria dos partidos com o União Brasil. Pois não haveria lógica não ter a coligação com todos. Contudo, em momento algum afirmei que teria fechado com senador A ou B”, explicou o governador.
O partido mantém as tratativas com seu grupo político para as convenções que acontecem no próximo dia 5, sexta-feira, e o diálogo continua.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]