Terça-feira, 21 de Maio de 2024

Política Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2022, 08:50 - A | A

05 de Dezembro de 2022, 08h:50 - A | A

Política / Cobrança

Vereador cobra da Via Brasil inícios das obras dos trevos da cidade

Obras nas entradas da cidade de Alta Floresta eram para ter iniciado neste ano, mas até agora nada foi feito



Edemar Savariz
Assessoria

No dia 24 de fevereiro de 2021, o vereador Adelson Servidor, de Alta Floresta, levantou a bandeira sobre a situação da MT 208. Naquela oportunidade denunciando as más condições da rodovia, com os enormes buracos que haviam se formado. Desde então, a luta do vereador por melhorias tem se intensificado.
Para o vereador, o município de Alta Floresta tem que unir forças para cobrar junto a AGER (Agência Reguladora), Governo do Estado e a empresa via Brasil, que façam as obras de melhorias. “A empresa se reúne com lideranças de Alta Floresta, prometem as obras, mas não informam o prazo que deverá começar. Temos que unir toda a sociedade, imprensa, comércio e a população em geral para termos vitória nesta luta”, disse o vereador.
Adelson relembra que no dia 9 de março de 2022, aconteceu uma reunião com representantes da Via Brasil, empresa que administra a concessão pública das MTS 208 e 320, ficando acordado que a concessionária assumiria o compromisso de acelerar o processo de execução das obras do trevo que dá acesso a Perimetral Rogério Silva e o trevo de acesso as Avenidas Ludovido da Riva Neto e Ariosto da Riva, na cidade de Alta Floresta. Local que necessita com urgência de melhorias, sendo onde acontecem muitos acidentes.
“10 meses depois dessa reunião, as obras não começaram e a empresa sequer apresentou os projetos para o município. A única coisa que aconteceu foi os aumentos das tarifas dos pedágios, uma vez que para percorrer aproximadamente 200 quilômetros até Nova Santa Helena, temos 3 pontos de cobranças de pedágio”, complementa.

Obras nas entradas da cidade de Alta Floresta eram para ter iniciado neste ano, mas até agora nada foi feito

O vereador disse que foi encaminhado ofícios de seu gabinete para a AGER, Empresa Via Brasil, Prefeito Municipal e aos demais Vereadores. “Também encaminhei para a imprensa para que nos ajude a cobrar o início dessas obras, até quando ainda irá ocorrer acidentes na entrada de nosso município por negligência? Vamos ficar refém de uma empresa que deveria ter um pouco de consideração pelos alta-florestenses?”, questiona Adelson.
Ainda anteriormente, diretores da Via Brasil não apresentaram um prazo específico para começar as obras, mas asseguraram que os projetos estavam em fase de elaboração e as obras deveriam acontecer após o período chuvoso. “O período chuvoso que se referiam era no mês de maio, veio a seca e já começaram as chuvas novamente e a empresa não deu nenhum respaldo neste tempo todo”, observa.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]