Domingo, 23 de Junho de 2024

Variedades Sexta-feira, 10 de Abril de 2015, 00:00 - A | A

10 de Abril de 2015, 00h:00 - A | A

Variedades /

Peugeot 2008 é pequeno mas acertado



Peugeot 2008 parte de R$ 67.190 e é mais um SUV compacto a invadir mercado brasileiro em 2015; esta é a versão Griffe 1.6 THP, a mais completa e cara da gama: custa R$ 79.590. 

Desde o Salão de São Paulo de 2012,  que a Peugeot faria no Brasil um SUV compacto baseado no 208, hatch que surgiu naquela edição do evento. Jogada ensaiada para ser efetiva e bonita, mas que acabou executada sem velocidade: todos os rivais, incluindo os que sequer haviam sido anunciados, chegaram antes.

Motor Flexstart (o mesmo de Citroën C3, AirCross, Peugeot 208 e 308), aspirado, bicombustível, com 115/122 cv de potência e torque de 15,5/16,4 kgfm a 4.000 rpm (gasolina/etanol) e câmbio manual de cinco marchas. Estão na lista de equipamentos de série: direção com assitência elétrica; painel de instrumentos em LCD com computador de bordo; ar-condicionado de duas zonas; regulador de velocidade; vidros elétricos dianteiros e traseiros; retrovisores externos com ajustes elétricos; central multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas; farois de neblina; LEDs para luzes diurnas e lanternas; rodas de liga-leve de 16 polegadas calçadas por pneus 205/60 R16 e  sensor de estacionamento traseiro, além de cintos de segurança de três pontos em todas as cinco posições (apoios de cabeça com ajuste em quatro posições) e os obrigatórios freios com ABS (antitravamento). 

Há surpresas interessantes (considerando que o mercado brasileiro ainda é pouco afeito a elas): freios a disco nas quatro rodas e quatro airbags como padrão.
+ Peugeot 2008 Allure 1.6 4 A/T -- R$ 70.890 

Troca o câmbio manual pela antiquada caixa automática de quatro marchas da família PSA, com borboletas de troca no volante.
+ Peugeot 2008 Griffe 1.6 -- R$ 71.290

Acrescenta à lista do Allure manual: revestimentos misto dos bancos (couro e tecido); sensor de obstáculo dianteiro; acendimento automático do farol e do limpador do parabrisa; acabamento diamantado nas mesmas rodas de 16 polegadas; arcos cromados nos vidros e teto panorâmico de vidro.
+ Peugeot 2008 Griffe 1.6 4 A/T -- R$ 74.990 

O pacote anterior,  com tudo que foi citado, mais o câmbio automático de quatro marchas e borboletas para trocas manuais. 
+ Peugeot 2008 Griffe 1.6 THP -- R$ 79.590 

Troca o motor aspirado pelo THP (turboflex lançado pelo Citroën C4 Lounge), com 165/173 cv e torque de 24,5 kgfm a 1.750 giros (gasolina/etanol), sempre com câmbio manual de seis marchas. 

Uma única cor é "item de série", a vermelho Rubi. Todas as demais são opcionais, pagas à parte: branco Banquise, branco Nacré (perolizado), cinza Aluminium, marrom Dark Carmin e preto Perla Nera. 

A Peugeot pretende vender cerca de 1.000 unidades mensalmente, número bem mais modesto que o dos rivais (pouco mais de 5 mil/mês), sendo que 70% do mix de vendas será para versões automáticas.

Já para o pós-venda, a marca oferece garantia e assistência diferenciada por três anos, além de planos de revisão com valores fixos: R$ 372 aos 10 mil quilômetros; R$ 600 aos 20 mil km; R$ 372 aos 30 mil km; R$ 916 aos 40 mil km; R$ 616 aos 50 mil km e R$ 600 para a revisão de 60 mil km, no caso do 2008 1.6 flex. Para o 2008 THP, os valores cobrados são de R$ 426, R$ 704, R$ 426, R$ 992, R$ 426 e R$ 704, respectivamente.

Eugênio Augusto Brito

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]