Domingo, 19 de Maio de 2024

Agronegócio Sexta-feira, 28 de Outubro de 2022, 08:05 - A | A

28 de Outubro de 2022, 08h:05 - A | A

Agronegócio / Em 2023

Banco Mundial projeta queda de 4,5% nos preços das commodities agrícolas

Ainda assim, os preços da maioria das commodities continuarão altos se comparados com suas médias históricas



Assessoria

O Banco Mundial prevê, por conta da desaceleração da economia global e das constantes restrições na China para conter a covid-19, que os preços médios das commodities agrícolas cairão 4,5% em 2023. Neste ano, as cotações deverão acumular alta de 13,4%.

As estimativas do Banco Mundial aparecem no relatório Commodity Markets Outlook e indicam que os preços de commodities agrícolas chegará a 123,2 pontos no fim de 2022 e terminará o próximo ano em 117,7 pontos. Existem projeções de quedas de preços para as culturas de soja, milho, cacau, trigo e café.

Ainda assim, os preços da maioria das commodities continuarão altos se comparados com suas médias históricas, de acordo com a instituição no relatório. Segundo o Banco Mundial, inúmeras incertezas ainda podem mudar essas projeções de preços, como interrupções no fornecimento de energia, deterioração das perspectivas econômicas globais (resultado de uma eventual aceleração do aperto monetário nas principais economias e de uma valorização adicional do dólar), clima adverso (incluindo um possível La Niña pelo terceiro ano consecutivo) e medidas restritivas no comércio internacional.

Para comentar detalhadamente esse cenário, temos os seguintes especialistas da WIT, que podem abordar sobre duas perspectivas: de variação de cotação no mercado financeiro; e sobre a perspectiva de seguros rurais e travas de preço.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]