Terça-feira, 21 de Maio de 2024

Geral Quinta-feira, 09 de Maio de 2024, 08:58 - A | A

09 de Maio de 2024, 08h:58 - A | A

Geral / Peixoto de Azevedo

Homem que matou noiva a facadas se torna réu por feminicídio

Leidiane Ferro da Silva, de 43 anos, foi morta enquanto servia uma refeição na cozinha da casa



Reportagem

Wendel dos Santos Silva, de 37 anos, se tornou réu pela morte da companheira Leidiane Ferro da Silva, de 43 anos, no dia 15 de abril deste ano, em Peixoto de Azevedo.

A decisão ocorreu após a juíza Paula Tathiana Pinheiro acolher a denúncia do Wendel dos Santos Silva, de 37 anos, se tornou réu pela morte da companheira Leidiane Ferro da Silva, de 43 anos, no dia 15 de abril deste ano, em Peixoto de Azevedo. A decisão ocorreu após a juíza Paula Tathiana Pinheiro acolher a denúncia do Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) nessa segunda-feira (6). Ele responde por feminicídio.

Leidiane foi atingida por vários golpes de faca pelo companheiro, quando servia uma refeição na cozinha da casa. A filha dele e o enteado presenciaram o crime.

Segundo a com a Polícia Civil, Wendel se apresentou na presença do advogado na Delegacia de Terra Nova do Norte, a 40 km do município onde ocorreu o crime. No local, ele teve a ordem de prisão cumprida.

Agressão

Dois meses antes o assassinato de Leidiane, uma câmera registrou o momento em que Wendel golpeia a companheira com um mata leão. A agressão aconteceu em fevereiro deste ano. As imagens mostravam o suspeito segurando a vítima pelo pescoço e a puxando para trás, por volta das 4h. Ao perceber que Leidiane desmaia, o suspeito a coloca no chão e, segundos depois, pega uma faca na cozinha e se aproxima da vítima, que começa a se levantar. 
Em 31 de dezembro do ano passado, Leidiane anunciou que estava noiva de Wendel.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]