Sexta-feira, 21 de Junho de 2024

Política Segunda-feira, 07 de Dezembro de 2015, 00:00 - A | A

07 de Dezembro de 2015, 00h:00 - A | A

Política /

Câmara Municipal aprova contas de prefeito com 7 votos favoráveis e 2 contra



PARANAÍTA

 

 

 

José Vieira do Nascimento Editor de Mato Grosso do Norte

 

A Câmara Municipal de Paranaíta em sessão realizada no dia 3 de dezembro, aprovou por 7 votos a dois, as contas do exercício de 2014 do prefeito Tony Rufatto. Votaram contra a matéria os vereadores Manoel de Moura Nunes, o Netinho, e Januário Neto, o Choto. As contas vieram com parecer favorável pelo Tribunal de Contas do Estado.

Tony Rufatto esteve presente na sessão e usou a tribuna para fazer sua justificativa aos vereadores. Sobre o apontamento feita pelo Tribunal de Contas, a respeito da aquisição de quatro ônibus usados, o prefeito explicou que o município não tinha recurso para comprar ônibus novos e não haviam financiamentos para esta finalidade.

“Depois recebemos propostas de financiamentos de ônibus novos com ar condicionados, mas um ônibus que custava R$ 250 mil subia para quase R$ 700 mil para pagamento em 48 vezes. Fizemos as contas e vimos que não compensava. Mas eu deveria ter comprado, mesmo correndo o risco de ser preso. Teríamos uma frota nova e novo pode”, enfatizou Tony.

Segundo o prefeito, os ônibus usados eram os mesmos que transportariam os alunos, apesar da frota não ser nova. “Eu pedi para a licitação da prefeitura fazer uma pesquisa de preço. Mas as outras empresas pesquisadas achavam inviável ter que trazer os ônibus no município para serem vistoriados. Pediu para fazer a coisa certa. No entanto, somos seres humanos com defeitos e qualidades e podemos cometer erros. Eu posso errar, mas é tentando acertar”, argumentou.

O prefeito esclareceu que a prefeitura pagava por mês para transportar os alunos da faculdades no período da noite, e os alunos da rede pública durante o dia, com uma economia de R$ 100 mil por mês. “Hoje não temos gastos a não do óleo diesel e do motorista, o que significa que os ônibus já se pagaram com a economia que fizemos”, disse Tony.

 O prefeito também fez uma observação sobre o parecer do Tribunal de Contas, que acatou a defesa apresentadas pelo município e aprovou as contas como classe A, acima da média do Estado. “Os apontamentos foram sanados e estamos com pontos acima da média do Estado, o que é motivo de aplauso e de orgulho para a população de Paranaíta. O que fazemos e para ajudar as pessoas que precisam e o povo está gostando de nossa administração. Nossa administração é a primeira do Estado em transparência e já recebi vários prêmios de prefeito nota 10. Estou feliz e estamos no caminho certo”, analisou Tony.

O prefeito também conclamou os vereadores para atuar sem rivalidade política, visando unicamente os interesses de Paranaíta. Na sua opinião, Paranaita tem rivalidade no setor político, mas não deveria ter. Assegurou que só será candidato a reeleição se sua aceitação junto à comunidade for de 50 por cento e mais um.

Os vereadores Netinho e Choto, que foram contra a aprovação das contas, afirmaram que seus votos tinham o objetivo de alertar o prefeito para que ele possa ficar atento as irregularidades que possam ser cometidas.

Os parlamentares, que são oposicionistas à administração, enfatizam que o prefeito deve ouvir mais a Câmara Municipal. “É um alerta que fizemos para o prefeito ficar atento aos erros que podem ser cometidos. Às vezes, o secretariado erra e lá na frente quem paga é o prefeito. Muitas vezes, até mesmo após o mandato ter terminado, é obrigado a dar esclarecimentos à justiça”, enfatizou o vereador Netinho.

“Meu voto é um voto de alerta. Muitas vezes as coisas acontecem e o senhor não fica sabendo. Como nossa justiça é lenta, no futuro as consequências vem. Hoje o senhor tem o jurídico para fazer a defesa. No futuro poderá ter que tirar recursos do próprio bolso para fazer a sua defesa. Os secretários não vão ajudar a pagar as multasse é seu nome que está em jogo. Por isso, se mantenha atento”, disse o vereador Choto.

O presidente da Câmara Municipal, vereador José Domingo Nunes, o Birobiro, ao declarar seu foto favorável as contas, aproveitou para parabenizar o prefeito pela compra dos ônibus. Para ele, os veículos estão sendo de fundamental importância na prestação de serviço para os alunos, tanto os que são de curso universitários e estudam em Alta Floresta, como o alunos da rede pública.

 

 

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]