Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Política Sexta-feira, 21 de Junho de 2024, 15:47 - A | A

21 de Junho de 2024, 15h:47 - A | A

Política / Nova Monte Verde

Sintep é atacado por 3 vereadores de Nova Monte Verde durante sessão e divulga nota de repúdio

Em sessão que votou projeto que tornava Sintep de Utilidade Pública, vereadores fizeram pesados ataques a entidade



Reportagem/ Mato Grosso do Norte  

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública de Mato Grosso (Sintep/MT), divulgou uma nota de Repúdio contra três vereadores de Nova Monte Verde, na quinta-feira, 20.

De acordo com a entidade, os parlamentares Eder (Mineirinho), José Alves (Zé da Baiana) e Silvana Maria, durante a votação na Câmara Municipal do projeto de Lei que reconheceu como de Utilidade Pública o Sintep/MT no município, no dia 17 de junho, fizeram ataques infundados contra a entidade e aos diretores Ilmar Teixeira (diretora regional) e Henrique Lopes, Secretário de Redes Municipais. Na nota, o Sintp repudia aos ataques dos três vereadores de Nova Monte Verde, ressaltando que a entidade, “filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT) e na Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), representa cerca de 25.000 filiados.

 “Durante a referida sessão, os vereadores mencionados, de forma leviana e desrespeitosa, desqualificaram o Sintep/MT, uma instituição que há 59 anos luta pela valorização dos profissionais da Educação e pela qualidade do ensino público em nosso Estado. Tal postura não apenas desrespeita os milhares de trabalhadores representados pelo sindicato, mas também atenta contra os princípios democráticos e a liberdade de associação, fundamentais para a construção de uma sociedade justa e igualitária”, diz a nota.

Zé da Baiana dentre outras afirmações, disse que não reconhece utilidade pública no projeto, e que “o objetivo do Sintep é fazer movimento contrário, dificilmente legal, contra gestores, por que sempre bate a cara na porta e volta para a casa do mesmo jeito depois de dias prejudicando (...sic...) escola e não vejo nenhum sentido se se tornar utilidade pública esse sindicato”, acrescentado que o Sintep é organização de esquerda.

 Eder Mineirinho disse que o Sintep em Nova Monte Verde tem diretores que foram eleitos para um mandato Complementar, porém já estão há mais de dois anos no cargo, e tem pouco mais de 30 filiados, mas ativos não chega a 20.

“O Sintep de Monte Verde não tem filiados, participação muito fraca da sociedade envolvida, que são os servidores, que parecem que não têm interesse que este sindicato esteja a frente de suas ações. Estão procurando a Câmara para algo que pouco traz resultado”, disse.  

Em outro trecho, assim como seu colega Eder afirmou que a entidade é usada como ferramenta política, citou nomes de dirigentes do Sintep, dizendo que a “politicagem nesse sindicato é muito clara”, citando os nomes de Ilmarli Texeira e Henrique Lopes.

O Sintep, porém, esclarece que a eleição Complementar, de acordo com o estatuto, é para um mandato de três anos.

O projeto foi aprovado com 6 votos favoráveis e três contrários.

LEIA A ÍNTEGRA DA NOTA

 

nota

 

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]