Terça-feira, 21 de Maio de 2024

Atualidades Quarta-feira, 27 de Julho de 2022, 09:16 - A | A

27 de Julho de 2022, 09h:16 - A | A

Atualidades / Arte Alta-florestense

Filme de diretor de Alta Floresta participa da 16ª edição de Festival de Taguatinga

O filme curta-metragem “Fábrica de Palavras”, do diretor e produtor Ronaldo Adriano, é uma produção genuinamente alta-florestense



Mequiel Zacarias FerreiraMequiel Zacarias FerreiraASCOM TEAF Depois da première realizada em dezembro de 2021 em Alta Floresta, agora o filme curta-metragem “Fábrica de Palavras”, do diretor e produtor Ronaldo Adriano, está competindo na 16ª Edição do Festival Taguatinga De Cinema, na categoria ‘Mostra Seleção Popular’. O referido Festival conta com a participação de filmes de todo o Brasil e as votações estão abertas desde o dia 15 de julho através do site do Festival e seguem até o dia 07 de agosto de 2022. Para votar no filme “Fábrica de Palavras”, os espectadores devem acessar o site [www.festivaltaguatinga.com.br] e fazer um cadastro rápido para realizar seu voto. Cada pessoa poder dar apenas um voto por filme, mas pode votar em diversos filmes que estão participando do Festival.O link para acesso direto ao curta-metragem é https://festivaltaguatinga.com.br/festivalTagua/16/assista/curta/filme/3518 e, após realizar o cadastro e fazer o login, o usuário pode assistir o filme e clicar em curtir, confirmando o voto no curta-metragem. São mais de 400 curtas-metragens participando dessa categoria e, o filme escolhido pelo voto popular participará da Mostra Competitiva, que será realizada no SESC Taguatinga, de 7 a 10 de setembro.
SOBRE O FILME

O filme curta-metragem “Fábrica de Palavras”, do diretor e produtor Ronaldo Adriano, é uma produção genuinamente alta-florestense, estrelada pela atriz Tânia Farias, do grupo de teatro ‘Ói Nóis Aqui Traveiz’ – de Porto Alegre; pelo ator José Regino, do Celeiro das Antas – de Brasília; e pela atriz Luísa Ribeiro, de Alta Floresta, contando com uma equipe de mais de 50 pessoas em sua produção. O filme, tem classificação indicativa para 12 anos, é uma abordagem acerca do tema abandono familiar e também a violência doméstica. A inspiração para filme está em uma crônica escrita também por Ronaldo Adriano. O filme foi produzido através da aplicação de recursos recebidos através da Lei Aldir Blanc no Estado de Mato Grosso, ligado ao Edital Nº 05/2020/SECEL/MT - MT Nascentes. O processo de cadastramento é facilitado, garantindo a segurança da votação e participação de todas/os. O usuário ainda pode acessar mais sete Mostras disponíveis no site do Festival.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]