Quarta-feira, 19 de Junho de 2024

Agronegócio Sexta-feira, 24 de Maio de 2024, 17:36 - A | A

24 de Maio de 2024, 17h:36 - A | A

Agronegócio / Dia Mundial do café

"Esse kit de irrigação foi bom demais para nós", diz jovem de 21 anos que cultiva café com apoio do MT Produtivo

Eduardo Lucena segue os passos do pai e cultiva 3 mil pés de café em um hectare de terra que recebeu do pai



Pollyana Araújo | Secom-MT

O jovem produtor familiar Eduardo Lucena Vivian, de 21 anos, se dedica à produção de café da variedade canelon em Juína, Mato Grosso. Com o apoio da família e do Programa MT Produtivo Café, do Governo de Mato Grosso, ele está cultivando 3.000 pés da fruta em um hectare que recebeu do pai. Eduardo não pensa em deixar o campo e está cada vez mais decidido a investir na cultura cafeeira.

Segundo ele, os recursos oferecidos pelo Estado contribuem para a continuidade do trabalho.

Desenvolvido pela Secretaria Estadual de Agricultura Familiar (Seaf), em parceria com a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), o programa MT Produtivo Café entregou 300 mil mudas de café e 98 kits de irrigação entre 2022 e 2023. 


Kit de irrigação distribuído pela Seaf ajuda na melhora da produtividade - Foto: Christiano Antonucci/Secom-MT

Com determinação, Eduardo demonstra aos jovens que o trabalho no campo pode ser próspero e sustentável. No ano passado, ele colheu 50 sacas de café, vendendo por R$ 700 cada, o que garantiu uma boa renda para reinvestir na produção.

 “Aqui em casa, eu, meu pai e meu irmão trabalhamos juntos. Meu pai gerencia tudo e nós botamos o serviço para andar. O kit de irrigação que recebemos foi muito bom para nós, deixou tudo arrumadinho”, contou Eduardo.

Há dois anos, ele recebeu um hectare de terra do pai para iniciar sua própria produção. “Meu pai passou esse hectare para nós trabalharmos. A ideia de produzir café veio dele, pois vimos como ele trabalha e não gostamos muito de trabalhar para os outros. Gostamos de cuidar do que é nosso, e o café é o que nos mantém aqui na roça”, explicou o jovem produtor.

A propriedade da família fica a 62 km da zona urbana de Juína e a 1 km da comunidade Terra Roxa. Eduardo e sua família secam e colhem o café utilizando uma máquina própria, e a venda é feita diretamente na região.

O secretário de Agricultura Familiar do Estado, Luluca Ribeiro, destaca que o caso de Eduardo demonstra a importância de investir no campo para evitar o êxodo rural de jovens.

“Investir na agricultura familiar e oferecer condições adequadas para os jovens produtores é essencial para garantir a continuidade dos negócios familiares, que podem ser muito lucrativos se bem trabalhados. E o Governo de Mato Grosso vem trabalhando para dar esse suporte”, afirmou Ribeiro.

Dia Nacional do Café 

Em todo o país, é celebrado nesta sexta-feira (24.05) o Dia Nacional do Café,  cultura na qual o Governo do Estado tem investido no crescimento da produção e já obteve resultado, com crescimento de 102% na produção do grão entre 2019 e 2023, segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]