Quinta-feira, 23 de Maio de 2024

Atualidades Sexta-feira, 15 de Julho de 2022, 08:19 - A | A

15 de Julho de 2022, 08h:19 - A | A

Atualidades / 16 de Julho: Dia do Comerciante

Comércio de AF se recupera após pandemia

Comerciantes de Alta Floresta relatam período pandêmico e superação para continuar seus negócios



Mario Ruiz do Nascimento
Reportagem

Esta data tem como propósito homenagear o comerciante, uma das profissões mais antigas ainda existentes. Essa data de comemoração não foi escolhida ao acaso, no dia 16 de julho de 1756 nasceu José Maria da Silva Lisboa, mais conhecido como Visconde de Cairu, o patrono do Comércio Brasileiro.
Desde muito antes do nascimento de seu patrono o comerciante precisa enfrentar diariamente muitos tipos de desafios diferentes. Desde a abertura da empresa são colocados em seu caminho várias barreiras a se superar, desde circunstâncias esperadas até algo aterrorizante como uma pandemia.
Diante do cenário mundial muitas empresas não resistiram e fecharam suas portas, por outro lado houveram grandes progressos em alguns setores.

Foto: Reprodução

Karina Akemi Okamoto, Gerente Administrativa da Madri

 Karina Akemi Okamoto, Gerente Administrativa da Madrid

Karina Akemi Okamoto, Gerente Administrativa da Madrid, relata aumento da demanda de venda de equipamentos eletrônicos, pois as empresas que aderiram ao “home office” precisaram adquirir equipamentos para se adequarem à nova realidade. Com o fechamento do comércio e o aumento de número de casos de Covid-19, os comerciantes tiveram receio de investir em novidades. “No nosso caso, no ano de início da Pandemia nossas vendas de computadores superaram nossas expectativas”, completou Karina.

Foto: Reprodução

Ademir Toshio Ohta, professor de Jiu-jitsu da academia Gracie Barra de Alta Floresta

Ademir Toshio Ohta, professor de Jiu-jitsu da academia Gracie Barra de Alta Floresta

Ademir Toshio Ohta, professor de Jiu-jitsu da academia Gracie Barra de Alta Floresta, relata que mais de 90% dos alunos não deram continuidade aos treinamentos.
“Nós tínhamos em média de 200 alunos ativos e devido a pandemia esse número veio a cair para média de 15 ou 20 alunos”, Sensei Ademir completa dizendo: “Treinamos por muito tempo na garagem da minha casa, enfrentamos tempos difíceis, mas agora contamos com academia própria e muitos alunos estão retornando às atividades”, relata.

Foto: Reprodução

O Rafael De Carli, Proprietário da Divina Pizza

Rafael De Carli, Proprietário da Divina Pizza

O Rafael De Carli, da Divina Pizza, também falou sobre as incertezas desse período. “Precisamos fechar o salão e ficamos somente com o delivery. Com a cooperação de toda a equipe, conseguimos superar esse momento de crise sem demissões. Agora a cidade está crescendo e nós estamos crescendo juntos. Hoje iniciamos um novo marco na história, mostrando que somos guerreiros e não fugimos à luta”, disse o comerciante.
Durante os últimos anos os comerciantes precisaram exercitar ainda mais sua criatividade, empreendendo com coragem para superar esse momento tão difícil, sem esquecer de atender com excelência as exigências e necessidades do consumidor.
Comerciante, parabéns pelo seu dia!

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]