Sábado, 18 de Maio de 2024

Caderno B Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2024, 10:29 - A | A

19 de Janeiro de 2024, 10h:29 - A | A

Caderno B / PERFIL

Primeiros passos

Em “Fuzuê”, Giovana Cordeiro celebra boa receptividade em sua estreia como protagonista



por Caroline Borges TV Press     

          O trabalho sempre foi um local de prazer para Giovana Cordeiro. A atriz, porém, tem respirado cada vez mais aliviada ao chegar nos estúdios de “Fuzuê”. A atual novela das sete marca a estreia da intérprete da forte Luna como protagonista. Há alguns meses no ar, Giovana viu sua primeira mocinha cair nas graças do público e render, inclusive, alguns elogios dos telespectadores e crítica especializada.

Depois que estreou, eu dei uma tranquilizada. Vi que as pessoas gostaram e teve uma boa repercussão do meu trabalho. Não nego que tive um alívio e contei com mais fluidez para trabalhar”, aponta.          

       Com humor, romance e mistério, “Fuzuê” fala sobre as diferentes relações sociais e familiares, tendo como pano de fundo a trajetória das irmãs Luna e Preciosa, papel de Marina Ruy Barbosa, e suas buscas por desejos e realizações pessoais. A mocinha precisa enfrentar a ambição desmedida da irmã por um misterioso tesouro perdido. “A gente quis fazer a representação da mulher. Então, não cabia construir uma mocinha vítima. Não tem espaço para qualquer vitimismo. Acho que isso faz com que o público queira torcer pela Luna”, explica.     

            Além de toda a rivalidade com a irmã recém-descoberta, Luna também enfrenta altos e baixos no relacionamento com o advogado Miguel, papel de Nicolas Prattes. A atriz já conhecia o parceiro de cena após uma participação em “Rock Story”. Eles, porém, pouco contracenaram na antiga novela. Esse laço profissional se fortaleceu agora, durante as gravações de “Fuzuê”.

A gente se conheceu, mas se encontrava muito pouco em cena. Agora estamos de fato construindo uma relação. Nicolas é muito legal e esforçado. Ele tem esse espírito de equipe. Logo no início da novela, ele fez uma camisa escrito ‘bota pra fuzuê’ e deu para todos do elenco e da equipe”, revela.        

         Há cinco meses vivendo a mocinha Luna, Giovana tem levado o bordão, “Cê jura, garota?”, para além dos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro. A atriz confessa que reproduz a frase clássica da protagonista em diversos momento do dia a dia.

Me pego falando essa frase o tempo inteiro, até fora de cena. Qualquer coisa que acontece no set, já digo para a equipe ‘Cê jura, garota?’”, ressalta a atriz, que precisou alongar os fios para viver a protagonista das sete.

Foram nove horas para mudar o visual. Mas tem de ter muito cuidado para não virar um ninho de rato. Tem vários cuidadinhos. Aos poucos, fui pegando o jeito. Gosto muito de mudar o cabelo. Foi bom construir a Luna com esse cabelão”, completa.   “Fuzuê” – de segunda a sábado, às 19h30, na Globo.  

foto/ divulgação

foto

 

Vida amorosa   

              Mesmo com a rotina tomada pelo ritmo intenso de gravações, Giovana Cordeiro não descuida da vida fora dos estúdios. “A gente merece ser feliz. Trabalho com foco total nisso. Não tem como desassociar uma coisa da outra, é tudo acontecendo em harmonia”, explica.          

       Há mais de quatro anos, ela namora o também ator Giuliano Laffayette. Nas poucas folgas que consegue, ela está ao lado do namorado. “Tento equilibrar porque a gente fica muito tempo gravando. Aí vai para casa e tem de valorizar a pessoa que a gente ama. É muito jogo de cintura aí”, afirma.  

Instantâneas

# Giovanna emendou os trabalhos de “Fuzuê” com a reta final das gravações de “Mar do Sertão”.

# A atriz reúne mais de 1 milhão de seguidores no Instagram. # Giovana também pode ser vista no filme “Carnaval”, que está disponível na Netflix.

# Em suas redes sociais, Giovana aborda a questão da transição capilar. “Eu passei por esse processo e gosto de fazer essa troca com as seguidoras que estão nesse momento. Aprendi bastante a cuidar do meu cabelo cacheado”, explica.

Comente esta notícia

Rua Ivandelina Rosa Nazário (H-6), 97 - Setor Industrial - Centro - Alta Floresta - 78.580-000 - MT

(66) 3521-6406

[email protected]